Nota do Instituto Ranking Brasil

Reprodução

O Instituto Ranking Brasil vem, mais uma vez, repudiar as tentativas de censura e a intenção de macular a imagem da empresa de maneira ardilosa em colocar descrédito as pesquisas que divulgamos.

A empresa trabalha cercada de zelo, assegurando a máxima eficiência, tanto que, logo após a cada pleito eleitoral divulgamos relatórios com índices de assertividade. Recentemente a empresa acertou o resultado da eleição Suplementar do Município de Angélica, Mato Grosso do Sul, e no final do ano de 2021, cravou os números da eleição da OAB/MS.

Nos últimos dias, várias ações judiciais têm sido apresentadas com a intenção de colocar em dúvida os levantamentos de dados do instituto. As acusações que variam desde a repetição do plano amostral anterior, como do uso de recursos próprios, da ausência da nota fiscal e da falta de comprovação das origens dos recursos.

A nossa assertividade está justamente ai: repetimos o plano amostral para sabermos as mudanças de opiniões e o comportamento dos eleitores ao longo de uma eleição.

A Resolução do TSE Nº 23.600, de 12 de dezembro de 2019, que dispõe sobre as pesquisas eleitorais, permite que as empresas de pesquisa usem recursos próprios, como é o caso do Instituto Ranking Brasil. A medida é legal e está na Legislação Eleitoral aprovada pelo congresso nacional.

As informações exigidas pelos órgãos competentes estão contidas no registro de cada pesquisa. A empresa é sólida e tem recursos em caixa, dinheiro legal, declarado no imposto de renda e no balanço anual.

O grupo A. J. UENO usa um só CNPJ e é formado pelos sites: Diário MS News, Santa Catarina News e Brasil News 1 (www.diariomsnews.com.br, www.santacatarinanews.com e www.bn1.com.br). A empresa está registrada no Conre 1 (Conselho Regional de Estatística 1) com o número 8561.

A visão do Instituto Ranking Brasil é de boas práticas, tendo a mais absoluta certeza de que age sob preceitos éticos e morais.

Instituto Ranking Brasil

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também